Notícias

31/03/2020 09:18

Sintep/VG continua a pressão sobre a Câmara de Vereadores

Nesta segunda-feira (30.03), a direção do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Várzea Grande (Sintep/VG) acompanhou a Sessão da Câmara de Vereadores, que por prevenção ao Coronavírus (COVID 19) estão sendo realizadas de portas fechadas.

Impedidos de entrar no prédio da Câmara, os dirigentes do Sintep/VG ficaram do lado de fora, dialogando com cada um dos vereadores e cobrando coerência na votação para derrubar o Veto da Prefeita, que fiquem do lado dos trabalhadores da educação e garantam a aprovação da recomposição salarial de 12,84% para todos os profissionais da educação (professores e servidores técnicos – TAE, TDE e TSAE).

Entre todos os vereadores, apenas o vereador João Tertuliano de Barros Filho, o "Joãozito" (DEM) reafirmou que não apoiará os trabalhadores, que estará do lado da prefeita Lucimar Campos e quando foi questionado pelo presidente do Sindicato, Juscelino Dias de Moura, ele disse que “não foi eleito com votos dos servidores públicos”.

Já, o presidente da Câmara, vereador Fábio José Tardin - Fabinho (DEM), informou aos representantes do Sindicato que o Veto ao Projeto de Lei ainda não chegou na câmara e que ainda se encontra nas mãos da prefeita Lucimar Campos. Mas, o que deixou os dirigentes do Sintep/VG perplexos foi ouvir do presidente da Mesa Diretora da Câmara que não sabe quando será realizada a próxima sessão. “Portanto, precisamos ficar em alerta e continuar a pressão via redes sociais, telefones e whatsapp sobre os vereadores para que mantenham o compromisso e garantam os 12,84% para todos”, afirma o professor Juscelino.

“Os vereadores aprovaram por unanimidade a Emenda que garante os 12,84% para todos na sessão do dia 17/03, mas cabe a Prefeita vetar ou sancionar. No entanto, a gestão da prefeita Lucimar Campos que subestima, não respeita e não valoriza os trabalhadores, vem semeando a penúria e procurando dividir a categoria da forma mais rasa possível, propondo a recomposição ainda que parcelada apenas para os professores, negando o reajuste para todos, que por força de Lei Federal já deveria ter sido pago desde janeiro/2020 e conforme o Plano de Carreira (PCCS) da categoria. Entretanto, protela sem o mínimo de compromisso com a valorização dos servidores da educação, já que os recursos são do FUNDEB, portanto são verbas carimbadas constitucionalmente”, completa o secretário de finanças do Sintep/VG, Gilmar Soares.

“Sabemos que é possível o reajuste salarial para professores e técnicos. Mas, falta vontade política da Prefeita Lucimar Campos para atender as reivindicações da categoria. Ela vem descumprindo as Leis – Estatuto dos Trabalhadores da Educação (PCCS), inclusive desrespeitando a lei que ela mesma apresentou e sancionou, negando sistematicamente os direitos dos servidores da educação desde 2015. Já se passaram cinco anos e ela não honrou com suas palavras”, explica o presidente do Sintep/VG apontando todo o arcabouço jurídico que tem respaldado os documentos do Sindicato entregues aos vereadores e os gestores de Várzea Grande.

“Portanto, a pressão é para que a prefeita Lucimar Campos cumpra o que é de direito de todos, sancionando a lei sem vetar. E, se confirmar o VETO vamos continuar a pressão para os vereadores derrubarem e garantirem a valorização dos profissionais da educação. Vamos continuar resistentes e mantendo a pressão para o cumprimento das leis”, reforça o presidente do Sintep/VG, lembrando aos Vereadores e a Prefeita que o prazo eleitoral deles também está se esgotando e o tempo para arrumar a casa e valorizar os servidores de VG já está esgotado, bem como a paciência da categoria.


SEDE DO SINTEP-VG

Redes Sociais

Sintep VG

SINTEP/VG - Travessa Pedro Pedrossian, n.º 27
Bairro Centro - Aeroporto CEP. 78110-355
Fone 3682.2263
sintepvg@terra.com.br
contato@sintepvg.org

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo