Notícias

05/01/2021 09:02

Governador Mauro Mendes dificulta matricula de crianças em escola estadual em Várzea Grande

A política suicida do Governador Mauro Mendes de destruir o Sistema Público e Gratuito de Ensino em Mato Grosso vem impedindo famílias de matricularem suas crianças em escola pública estadual em Várzea Grande, Mato Grosso.

O fato está acontecendo na Escola Estadual Nadir de Oliveira, uma das maiores da Região do Jardim Glória e que deveria no mês de janeiro abrir matrículas para acolher crianças oriundas de escolas da Rede Municipal de Ensino, pelo fato de estas escolas não oferecerem a sequência dos estudos a partir do 5.º ano do Ensino Fundamental. O estudantes que estão ficando sem matrículas são dos 5.º e 6.º ano das Escolas Municipais Antônio Gomes e Padre Luis Maria Ghisone.

O problema está agravando, também, a situação das famílias que poderiam matricular suas crianças numa escola recentemente fechada de forma autoritária pelo Governador, a Escola Mercedes de Paula Sôda. Segundo professor Miguel Costa, integrante da direção do SintepVG, “com a escola fechada, a alternativa mais próxima para os pais é efetivar a matrícula junto à escola Nadir de Oliveira, mesmo que as dificuldades geográficas obriguem as crianças a terem que atravessar uma avenida super movimentada, com riscos imediatos de acidentes”, afirmou o dirigente sindical.

A Escola Nadir de Oliveira está relacionada entre as escolas que podem ser militarizadas, ou seja, podem se tornar uma escola cívico-militar, em função do projeto do Vice-Governador Otaviano Pivetta que recebeu a SEDUC/MT de “porteira fechada” do Governador Mauro Mendes e os mesmos, governador e vice vêm promovendo o sucateamento e fechamento de escolas para na sequência entregar para forças de seguranças, no caso, as polícias Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária.

Como resultado dessa sanha privatista da dupla que governa Mato Grosso, porque junto com as forças de seguranças a iniciativa privada vai entrar para dentro das escolas e se fartarem dos recursos públicos da educação, dezenas de famílias vivem a insegurança de não terem como efetivar a matrícula de seus filhos.

Em função de um processo de consulta à comunidade sobre aceitar ou não o processo de militarização da escola que vai acontecer no dia 20 de janeiro, a escola Nadir de Oliveira está acéfala, ou seja, sem direção. O secretário escolar, sem encaminhamento e autorização da Seduc, não realiza as matrículas das crianças e os pais estão sem saber o que fazer.

A representante do Sintep Várzea Grande, Aparecida Cortez, que também integra o Conselho Estadual de Educação como suplente do Sintep/MT, acompanha e aponta para uma situação de insegurança acerca do futuro de estudos das crianças por causa das conturbadas decisões unilaterais e encaminhamentos atropelados pela Seduc, sem nenhuma consulta à Comunidade Escolar de forma antecipada.

Para Cida Cortez, é urgente que o Governador Mauro Mendes e o Vice-Governador Otaviano Pivetta revejam seus atos inconsequentes para com a Escola Pública e Gratuita em Mato Grosso e parem de fazer laboratório de privatização nas nossas escolas públicas em tempos de pandemia.

Segundo ela, “a forma mais responsável dos governantes seria respeitar os processos já assegurados pela legislação educacional no Estado e assegurar a tranquilidade às famílias para terem garantidas que suas crianças possam estudar em escolas perto de sua casa. E que mudanças com REDIMENSIONAMENTO e militarização de escolas seja processo desencadeado de forma democrática e participativa de todos os segmentos da comunidade escolar.

O Sintep/VG e o Sintep/MT vêm paulatinamente representando o Governo Mauro Mendes junto ao Ministério Público com apresentação de farta documentação e abaixo assinado feitos pelas comunidades afetadas e prejudicadas pelas decisões do Governador Mauro Mendes e do Vice-Governador Otaviano Pivetta.

No momento os dirigentes do sindicato e os responsáveis pelas crianças aguardam uma ação mais rápida enérgica dos representantes do Ministério Público para assegurar o direito das famílias e das crianças.


SEDE DO SINTEP-VG

Redes Sociais

Sintep VG

SINTEP/VG - Travessa Pedro Pedrossian, n.º 27
Bairro Centro - Aeroporto CEP. 78110-355
Fone 3682.2263
sintepvg@terra.com.br
contato@sintepvg.org

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo